Darkness Before Dawn

Diário de Para Norbert, Entrada nº 21

Quando acordei na calada da noite, soube imediatamente que um pesadelo havia me segurado em suas garras apenas alguns momentos atrás. Não conseguia me lembrar de um detalhe, nem mesmo um vislumbre fugaz do que meus olhos deviam ter visto no tenebroso mundo dos sonhos; não, se não fosse pelo meu corpo pesado, encharcado de suor, eu nunca saberia que os horrores me perseguiram nas primeiras horas. No entanto, eu tinha certeza agora e me levantei. O sono estava fora de questão no meu estado, meus pensamentos correndo para entender qualquer coisa que pudesse ter me incomodado tanto.

Eu fiquei na janela e observei a cidade abaixo de mim. Os habitantes de Thais jaziam sem vida, mortos; nenhum humano, nem mesmo um cachorro à vista. A lua minguante com chifres brilhava bem acima, sua luz espiando dentro da minha câmara.

Não me leve ao tolo de que eu desperdiçaria a oportunidade de um doce sono, apenas para estar a salvo de fantasias infantis que não nos afligem seres de carne e osso. Nas últimas semanas, dormi pouco, e o pouco tempo que me foi dado para descansar foi perturbado por estranhas assombrações e ocorrências estranhas.

Dado que eu não era capaz de ceder a noções tolas do sobrenatural, inicialmente eu o sacudi por estar simplesmente sob o tempo. Com o tempo, porém, depois de ter feito minhas pesquisas, não pude negar a verdade maior: o mundo fantasmagórico do vasto além estava em fluxo, perturbado por eventos muito acima da minha compreensão. Eu teria que reunir pessoas habilidosas que pudessem me ajudar em minha missão de entender as relações do reino espectral, isso está claro. Continuarei com meu trabalho para estar preparado para o momento em que as almas sãs encontrarão o caminho para mim.

acesso

ÚLTIMAS NOTICIAS

PUBLICIDADE

BDTCast

último episódio lançado

proxy recomendada

segue a gente

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTICIAS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta